Por que criar conteúdos ?

#conteúdo#você#sobre#público#criação#criar#assunto#empresa#conteúdos#valor


Quando não criamos conteúdos, não existimos.

Quando entramos no mercado digital marcar presença é essencial, já que consumidores estão muito mais propensos a comprar com marcas familiares a ele, por isso criarmos conteúdo.

Ao criar conteúdo você está entrando no radar do cliente mostrando para ele que você sabe o que está fazendo. Gerando assim autoridade no seu nicho.

Mas além disso.

Quais os benefícios de criar conteúdo?


1- Conhecimento

Esse é um dos principais motivos da criação de conteúdo: Gerar conhecimento, tirar dúvidas, resolver um problema.

Ao criar conteúdo relevante para seu público a empresa está compartilhando o seu conhecimento sobre o mercado, sobre seu produto e sobre o nicho. Consequentemente educando o mercado sobre o seguimento que você atua. Assim tirando todas as dúvidas do público sobre o mercado que você atua e sobre os produtos que você vende.

E ao compartilhar esse conhecimento com seus clientes, você estará dando conhecimento necessário para eles mesmos tomarem a decisão sobre qual produto comprar.

Gerar esse tipo de conhecimento provoca uma mudança na vida dessa pessoa. Assim esse consumidor passa ter uma visão positiva da empresa e com isso estará mais propenso a comprar o produto.

Mas para que isso aconteça é importante que esse conteúdo seja relevante e proveitoso para seu público, já que nada adiantaria postar dica de receitas se você vende roupas.


2-Autoridade e engajamento

Criando conteúdos você passa a se tornar visível para seu público, passando a construir uma audiência interessada nos seus conteúdos e automaticamente no seu negócio.

Ao continuar criando conteúdo relevante para essa audiência, você começa a gerar autoridade sobre o assunto no qual você fala e atua.

Ao criar essa autoridade no seu nicho você passa a ser reconhecido e mais buscado para responder dúvidas relacionadas, gerando assim mais engajamento, seja nas redes sociais ou no blog.

Estabelece-se um padrão e um clico virtuoso: Quanto mais reconhecimento, mais visitantes ou seguidores, logo, mais oportunidades de negócios e mais vendas.


3- Facilitar a conversão de visitantes em leads

Uma das principais funções da estratégia de criação de conteúdo é atrair público com interesse naquele assunto especifico. Que tendo interesse no que você fala está muito mais propenso a trocar suas informações por mais conteúdos de valor.

Com isso você pode guiar esse público até uma Landing Page e oferecendo materiais ricos (E-books, Infográficos, planilhas, webinar...) para ele em troca das informações. Na LandLoja por exemplo, você pode destacar seu conteúdo e fazer a gestão do lead em seu painel adminitrativo.

Mas para que isso ocorra o conteúdo produzido tem que ser um conteúdo de valor que gere mudança na vida desse consumidor.


4-Diminui o Custo de Aquisição de Clientes

O CAC é uma métrica que mostra todo o gasto que a empresa tem para adquirir ou prospectar novos clientes. Um dos objetivos de todas empresas é ter esse valor o menor possível.

E a criação de conteúdo pode ajudar com isso já que criando conteúdos de valor para o público certo esses clientes virão por vontade própria conhecer sua empresa e talvez se tornar um cliente.

Consequentemente você diminui o valor e o tempo gasto para responder as dúvidas que esses possíveis clientes venham a ter, pois as maiorias das dúvidas já estão respondidas em seu blog ou rede social.


Quais formatos de conteúdo existem?

Antes de começar a escrever ou fazer posts é importante conhecer algumas diversas opções de tipos de conteúdo que existem para serem produzidos:


1-Blog

O primeiro e talvez mais conhecido de todos é o blog, o mais utilizado nas estratégias de criação de conteúdo, por serem os mais flexíveis.

Os textos de blogs são facilmente indexáveis (lidos, compreendidos) pelos mecanismos de busca como o Google ou Bing.

Suportam todos os formatos de conteúdo que podem ser produzidos (texto, áudio, vídeos, imagens e gifs).

São totalmente personalizáveis e você tem total controle em que dia vai postar, qual assunto irá falar e o tamanho do mesmo.


2-Redes Sociais

Em constante crescimento as redes sociais estão cada vez mais importantes nas estratégias de criação de conteúdo.

Assim como os blogs, dependendo da plataforma, redes sociais também podem ser bem flexíveis, aceitando formatos de imagens, vídeos, áudios, gifs, memes...

Mas aqui você não tem tanta liberdade de personalização e para cada rede social e público há uma melhor hora para algo ser postado. Há também limitação de caracteres e tamanhos de imagens.

Mas em compensação o engajamento, a depender da relevância que o público ver, é maior que em outros tipos.


3-E-books

O queridinho dos Materiais ricos. São como livros digitais só que muitas vezes menores com média 3.000 a 10.000 palavras.

São conteúdos mais extensos e mais técnicos, com uma diagramação que favorecem a leitura.

São muito utilizados para geração de leads, ao trocar um e-book em troca das informações do visitante.


4-Podcasts

Um dos formatos que vem crescendo bastante ao longo do tempo, o Podcast consiste em um programa gravado ou ao vivo em áudio, como programas de rádio.

O principal benefício deste modelo para seu público é que ele pode ser consumido a qualquer hora, em qualquer lugar sem comprometer a realização de outras atividades.

Os Podcasts são geralmente utilizados para realizar entrevistas com alguma personalidade relacionada a área em qual se atua. Mas também podem ser utilizados para dar aulas sobre algum assunto, falar de notícias que estão em alta ou até mesmo filosofar sobre a vida.


5-Newsletter

São envios de e-mails para fortalecer o vínculo com o leitor ou mantê-lo engajado.

Por elas é possível enviar as notícias sobre a empresa, avisar sobre novos artigos do blog, informar sobre algum assunto ou enviar materiais ricos para a base de contatos.


6-Lives

Lives são transmissões ao vivo onde o apresentador, seja uma empresa, uma pessoa comum, ou um famoso, pode criar diversos tipos de conteúdo, como realizar entrevistas, dar aulas sobre determinado assunto, mostrar acontecimentos em tempo real ou bater um papo com os seguidores.

As lives ficam cada vez mais populares na criação de conteúdo, pois permitem a interação em tempo real com seu público.

Elas são geralmente transmitidas através uma plataforma, como Instagram, Facebook, Twitch, entre outros.



Esses são somente alguns dos muitos formatos de conteúdo que há para se criar e disponibilizar para o seu público, entenda sobre todos eles para decidir o melhor para sua estratégia.

Para que uma estratégia de criação de conteúdo seja bem sucedida é importante que o conteúdo entregue seja um conteúdo que vá de fato interessar e somar na vida do leitor.

E para criar um bom conteúdo de valor é de suma importância que você conheça seu público e o mercado que atua, para assim traçar a melhor estratégia possível e ter o melhor resultado.



Gostou? Comente este artigo!

WhatsApp/Telefone:

+55 34 98403-1561

Processando
Sua mensagem foi enviada. Obrigado!
Prêmios e Reconhecimento